A Euterpia

Dia de Alcatrão

A Euterpia
Aqui jaz memórias póstumas daquele amor
Num dia de alcatrão meio febril
O amor acaba assim, acaba comigo
Acaba ruindo e vai parar num porão
Até virar consolo, até virar canção

A tristeza cansada agasalhou e cansou de virar confusão