Perto demais
Longe daqui
A timidez me impedia de ir, mas ia

Ia o amor
Nunca falei
Mas ele foi sem palavras, secreto, ansioso e abriu

Foi sem voz
Sem padrão
Foi perdido no mapa
Foi sem nada
Que ele abriu
Seu portão
No meu peito deixou a marca...

De uma canção
Vou lhe mostrar
Vou sussurrando
Já estou suando frio

Quero cantar
A timidez
Quer me impedir
Mas o amor vai crescer, dominar, ah vai...

Vai sem voz
Só no olhar
Vigiando aflito a vida dela
Vai chegar
Sei que sim
A coragem que eu preciso demais
Será?