Não fale mais o meu nome
Não me telefone
Por favor, não pergunte por mim
Vê se me esquece e some
Se eu te ver de longe
Viro a cara, finjo que não vi
Mas eu não vou mentir
Tá doendo lá no fundo

Sem você, eu não consigo mais dormir
Vamos fazer assim
Melhor não me procurar
Porque eu morro de medo de te perdoar
Eu tô falando mal de você, iê
Que você nunca soube fazer, iê
Cem mil, com quem quiser, eu aposto
Se ela bater o dedo, eu volto
Eu tô falando mal de você, iê
Que você nunca soube fazer, iê
Cem mil, com quem quiser, eu aposto

Se ela bater o dedo, eu volto
Ela não vale um real
Mas eu adoro
Não fale mais o meu nome
Não me telefone
Por favor, não pergunte por mim
Vê se me esquece e some
Se eu te ver de longe
Viro a cara, finjo que não vi
Mas eu não vou mentir
Tá doendo lá no fundo

Sem você, eu não consigo mais dormir
Vamos fazer assim
Melhor não me procurar
Porque eu morro de medo de te perdoar
Eu tô falando mal de você, iê
Que você nunca soube fazer, iê
Cem mil, com quem quiser, eu aposto
Se ela bater o dedo, eu volto
Eu tô falando mal de você, iê

Que você nunca soube fazer, iê
Cem mil, com quem quiser, eu aposto
Se ela bater o dedo, eu volto
Eu tô falando mal de você, iê
Que você nunca soube fazer, iê
Cem mil, com quem quiser, eu aposto
Se ela bater o dedo, eu volto
Ela não vale um real
Mas eu adoro