Josely Scarabelli

Vejo a Mão de Deus

Josely Scarabelli
Vejo em tudo a mão de Deus
Na criação, nos feitos seus
Na vida plena que há em mim
Em tudo, eu vejo tal beleza
A se expressar na natureza
No mar, na terra e céu sem fim

Vejo de Deus, as maravilhas
Nos grandes mares e nas ilhas
Nas cachoeiras sem escarcéu
Nos fortes ventos e verdes mares
E no trovão que corta os ares
No Sol que brilha no imenso céu

Vejo as montanhas, serras e matas
Vejo os rios, também as cascatas
E os riachos no seu serpentear
Ouço também cantar os passarinhos
Nos seus gorjeios, voltando aos ninhos
Na brisa mansa que sinto passar

Vejo as estrelas no seu brilharéu
Na Lua branca tão solta no céu
Como a viajar por caminhos sem fim
E no perfume da flor tão serena
A transportar, na mais linda cena
Tudo de encanto que existe pra mim

Por isso, eu canto em sincero louvor
Ao Deus eterno, ao meu criador
Pelo que eu posso ver e sentir
Até que chegue o meu dia final
Quando ao transpor o eterno portal
Descansarei, junto a Deus, no porvir