Juliana de Aquino

Metade de Amor Não Vale Nada

Juliana de Aquino
Meia luz, meia-entrada
Uma laranja e meia
E muita sede
Bola de meia
Meia nada
Meia dúzia é seis
Meia vida é quase nada
Metade de amor
Perdido no meio de tudo
No absurdo, no escuro
No fundo de quase nada
Metade de amor
Não vale nada