Quadrilha Intelectual

De Favela Pra Favela (part. NexxToYou)

Quadrilha Intelectual
Refrão
Original, Original, Original, Original, Original, Original
De favela pra favela, Rap Nacional
Original, Original, Original, Original, Original, Original
De favela pra favela, Rap Nacional

Em meio a multidão puxaram o pino da granada
Insanidade, inconseqüência, explosão concentrada
Filantropia é lenda, vivemos no mito do amor
Batina sagrada, banhada a ouro protagonista de filme pornô

A evolução ta aí, mas nunca em prol do bem
Ciência descobrindo a partícula do big bang
Várias perguntas:por que? Pra que?
Criança desnutrida, vitamina a, b e c kd?

Pra quem vive de resto, motivo e revolta nunca falta
Restou o crime pra amenizar o sofrimento em casa
Processo dejavu constante aqui na periferia
Desemprego culpa dessa tal de tecnologia

Nada se cria, tudo se transforma e o que transforma mata
Política publica bomba de destruirão em massa
Antes armamentista hoje guerra fria do conhecimento
O boy raciocina a melhor maneira de mim ver morrendo

A história não mudou perante o proletariado
Antigamente escravos e servos, hoje em dia operários
Carta de alforria estratégia capitalista
Nórdica, européia intenção consumista

Eles estão no poder movimentando milhões
Vários ali babás sem precisar dos 40 ladrões
Mas esses aí só ficam escondidos
Não levam bacu, nem são chamados de bandidos


Refrão
Original, Original, Original, Original, Original, Original
De favela pra favela, Rap Nacional
Original, Original, Original, Original, Original, Original
De favela pra favela, Rap Nacional


Rima contundente de favela pra favela
Cantando o dia-a-dia da nossa feia mais bela
Triste realidade agressiva onde o medo impera
Me mostre uma metodologia pra romancear a guerra

O ser humano é complexo, isso eu não nego
Desde a idade da pedra mata pra satisfazer seu ego
Mas o homem é bom a sociedade é quem o corrompe
Ele já nasce ruim parceiro já dizia o kant

Você absorve a maldade sem perceber
Pela alienação que é transmitida na tv
Mídia corporativa, cultura igual a nada
Pornografia é liberada e a verdade censurada

A escola educa o corpo pra servir e bane nossa mente
Diploma, atestando que a cobaia ta forte fisicamente
De cada dez escolas nove são fundamentais
Eles querem nos transformar em analfabetos funcionais

Injetaram segregação, mais a união do povo tá de pé
Na coleta de dados pra pesquisa do IBGE
A disputa não é nas urnas pra ter o vencedor
É entre as construtoras pra bancar campanha do governador

Se enganou, quem pensou que os tucanos ta extinto
A direita da selva so esperando pra iniciar o genocídio
Novo caminho, a esquerda a estrela que brilha
Aperte 1 e 3 pra enriquecimento ilícito e confirma

Refrão
Original, Original, Original, Original, Original, Original
De favela pra favela, Rap Nacional
Original, Original, Original, Original, Original, Original
De favela pra favela, Rap Nacional

Legenda
Kalango: Normal
Henrique: Negrito
Refrão(NexxToYou): Itálico