Quadrilha Intelectual

Sorria! (part. Elaine Dorea)

Quadrilha Intelectual
Sabia que todos nós somos movidos pelos sorrisos?
Já parou pra pensar no poder quem um sorriso tem?
O sorriso é o melhor remédio pra um dia difícil
Não deixem que roubem seu sorriso
E seja o motivo do sorriso de alguém

Sorriso! Pra quê mentir
Sorria! Se for de verdade
Sorriso! Pra quê fingir
Sorria! Pra felicidade

Qual é o sorriso que você sempre quis?
Sorrir pra não chorar, não é sorrir feliz
Sorriso na orelha, sorriso de criança
Sorriso cor do sol, quando a preta samba

A vida sem sorriso, recorreu aos pente
O sorriso da mãe pelo sorriso do gerente
Sorriso amarelo, sorriso pro patrão
E o faz-me rir, gera frustação

Sorria! Você tá sendo filmado
As vezes sorriso de hiena, é sorriso de aliado
Cada gota de suor pelo sorriso de quem ama
Sorriso sincero não é sorriso de propaganda

Ai palhaço, nem todo dia é gargalhada
E se todo sorriso viesse junto de uma lágrima
Vamos sorrir por que chorar já não dá mais
E qual é o sorriso que você encontra a paz?

Sorriso! Pra quê mentir
Sorria! Se for de verdade
Sorriso! Pra quê fingir
Sorria! Pra felicidade

Uns com vontade de sorrir e a vida não permite
Outros tem permissão da vida e não tem vontade
Uns sorri com um parceiro que conheceu no crime
Outros com amigo de infância na hora da dificuldade

Tem, tem até sorriso que oprime
Se quiser pagar tem sorriso vazio na vitrine
Sorriso que te move, sorriso que paralisa
Sorriso por no almoço ter um prato de comida

Sorriso ouvindo o coração do filho no ultrassom
Sorriso sedutor na noite vermelho batom
Acreditar sorrindo num futuro abençoado
Lembrar e sorrir, sem arrependimento do passado

Sorriso te leva pro mar ou pro abismo
E tem gente, que mata sorrindo
Mesmo sem sorriso, não pode fraquejar
Sem motivos pra sorrir, sem motivos pra lutar

Sorriso! Pra quê mentir
Sorria! Se for de verdade
Sorriso! Pra quê fingir
Sorria! Pra felicidade

Seja o motivo do sorriso de alguém
Seja o motivo do sorriso de alguém

Não deixem que roubem o seu sorriso
Não deixem não!
Não deixem não!

E se quiserem ver suas lágrimas, mostre o teu sorriso
E se quiserem ver suas lágrimas, mostre o teu sorriso

Não deixem não!
Não deixem não!

Sorriso! Pra quê mentir
Sorria! Se for de verdade
Sorriso! Pra quê fingir
Sorria! Pra felicidade

Não deixem não!
Não deixem não!

E se quiserem ver suas lágrimas