Queluz De Minas

Existindo

Queluz De Minas
Existindo

Uêra... Uêra...
Uêra...laiá... uêra...Laiá

Veja o medo, veja o segredo
Veja o povo a caminhar
Quanto sonho, quanto desejo
Pouca vida muito existir
De que vale essa razão
Pra contar
Se não vê o sol
De manhã
Laiá...laiá...laiá...laiá...
Se não vê o sol
De manhã
Laiá... laiá...laiá...laiá
Se não vê o sol
Laiá...laiá...lailá....laiá...