Anjo Negro

Umbral

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
Fecho os meus olhos, não quero enxergar.
Perco meus sonhos, não quero acreditar.
Rasgo minhas asas, eu não quero mais voar.
Caiu no abismo, sem medo de não conseguir voltar.

Não tenho mais medo, de me olhar no espelho.
E ver as cicatrizes que você me deixou
Não tenho mais medo, de me olhar no espelho
E ver o anjo negro que você me transformou.

Eu preenchi toda minha vida de vazio
Eu procurei a alegria nos vales mais sombrios
Eu me afoguei no doce veneno dos seus beijos
Perdido nas sombras eu me tornei um anjo negro.

Não tenho mais medo, de me olhar no espelho
E ver as cicatrizes que você me deixou
Não tenho mais medo, de me olhar no espelho
E ver o anjo negro que você me transformou.