Underground CIA

Triste História Comum

Underground CIA
É underground devolta na cena,
Depende de você, basta acreditar, sonhar,
Lutar para nao ser so mais um,se esquivar de ser so mais uma
Triste historia comum.

Basta acreditar ó, que ta no seu alcanse,
O maximo de esforço no minimo de chance,
Se sangue traz mais sangue,
Quem sangrou faz sangrar,
Efeito bumerangue pra fazer mae chorar,
Se atiro, se mato, por aqui ninguem ta salvo,
Ontem era o atirador, hoje viro o alvo,
Amanha ja é passado, nao importa o que vem pela frente,
Importa quem ta do seu lado,
Seguino no campo minado,
Anda certo nao pisa errado,
Quantos cara no crime soldado,
Sei que tudo na vida é lembrado,
So quem deve vai ser cobrado,
Acredito que o que é de cada um ta guardado,
Fazer o melhor de mim, isso que me motiva
Pra quando eu morrer minha voz se manter viva,
Na mente, na lembrança, la no som de quem incentiva,
Ouvi a letra do thiago olha só se identifica,
Fazer algo melhor em busca do que se acredita,
É triste pra quem vai, pior é pra quem fica,
Sentimento corroe todo dia se complica,
Nao esqueceu com o tempo menor sofreu sentiu,
Seguio o seu exemplo,
Eu sei c nao queria mas nao tem o que falar,
Sofrendo do outro lado ele nao vai te escultar,
Sentindo a sua falta chorando na madruga,
A chuva comparada a suas lagrimas, era nada,
Com o coração partido,
Um sentimento frio, se sentiu cheio de odio
E ao mesmo tempo vazio,
Olhando pro luar dessa vez nao viu o brilo,
Penso porque trocou a infancia, a bola, pelo gatilho,
Ali sua mae nao acredita, olhando sua foto,
Criança inocente virou louco em cima da moto,
Pra cata, pra atira,
Viu isso desde sempre, nao teve em quem se espelhar,
Dispocição de louco nype pablo escobar,
Colombia mil por hora pra vender pra comprar,
Negocios a milhao, expandir pra exportar,
Caminhada é de sangue,
Vao sorrir, vao chorar,
Pra mentir, te enganar,
E agir so na maldade,
Surpresa na cena de enquadro te privou da liberdade,
Reinou por varios anos, vai sofrer uma eternidade,
Nao fez o que queria nem metade do que quis,
Eu sei que sua vontade era fazer sua mae feliz,
Caminho foi errado, estreito, longo, infeliz,
Nesse caso, triste historia, o meio justifica o fim,
Fica de olho aberto pra nao ser mais um que vai,
Quando c menos espera, ai que a casa cai,
Sozinho no escuro, saudade atras do muro,
Saber que tem passado, sem saber se tem futuro,
Mesmo se conseguir sair daqui regenerado,
Nao consegue um trampo por ser ex-presidiario,
Outra vez descriminado,
Uma dor um corte diario,
Ouvi no noticiario,
Sobre a crise e o salario,
Sem oferta de trabalho, desesperado,bola um enquadro,
Pensano que vai ser diferente,sempre a mesma coisa,
O mundo é cão infelizmente,
Nescessidade faz bandido, situação fez encidente,
Se o culpado é inocente,
Quem pensa logo sente,
Fazer a nossa parte so depende da gente,
Quando tiver la em cima so ideia conciente,
O que c fala no palco repercurte do ociente,
Vejo quem ta parado ali falando em ir pra frente,
Palavras sao palavras, só isso simplesmente,
Nao pra gente, sem cifrão, com valor surpreendente
Entra na sua alma fica guardado na sua mente,
Nao acaba nao esquece, fortifica, fortalece,
Narrando a historia de alguem
Desde quando era muleque,
Agora o que intristese é saber que varios ainda vao virar uma letra de rap,
É saber que varios ainda vao virar, só uma letra de rap

Alguns anos vive em itabira, principalmente nasci em itabira,
Por isso sou triste, orgulhoso e de ferro,
90% de ferro nas calçadas, 80% de ferro nas almas.