Sem Pagar Pra Ninguém

União Clandestina

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
Eu sempre te falei que quando eu chego no lugar
Cê paga pra ninguém
Mas tem que me respeitar

Nós por nós sem massagem
E disso você sabe
Certo pelo certo
Sem tempo pra pilantragem

No ambiente numa a pah
As mina tava lá, tipo festa no pará
Os mano com as peixeira
E as mina tudo assanhada, ra pa pa paaah

É tipo isso, mas nunca fui omisso
Minha cara é tipo assim mermão: e eu com isso?
Safado não atravessa e isso a gente sabe bem
Atitude e humildade e o que difere quem é quem

É desse jeitoo

Sem pagar pra ninguém
chega no respeito
Sem pagar pra ninguém
chega no conceito
Sem pagar pra ninguém
chega no sapato
Sem pagar pra ninguém
safado não atravessa não

Eu sempre te falei que quando eu chego no lugar
Cê paga pra ninguém
Mas tem que me respeitar

Nós por nós sem massagem e disso você sabe
Certo pelo certo sem tempo pra pilantragem

No ambiente numa a pah
As mina tava lá, tipo festa no pará
Os mano com as peixeira
E as mina tudo assanhada, ra pa pa paaah

Unido a gente fica de pé
Mas dividido a gente cai
Dividido a gente cai