União da Vila do Iapi

Samba Enredo 2012 - Água , Berço da Existência

União da Vila do Iapi
No embalo desse mar as águas vão rolar
E a zona norte vem com sede pra ganhar
De azul, vermelho e branco em poesia
No porto seco eu faço um banho de alegria

Água presente divino
No ventre germina a vida
A brisa espalha o seu afã
Na herança de um novo dia
O afago das ondas no azul do mar
Vejo florescer da terra riquezas
Brotando a natureza em comunhão
Gotas de orvalho no amanhecer
Num céu de cores em profusão

Nas verdes matas o índio á dançar,”
A lua cheia clareia as águas de y-îara!
Nos rios de oxum, devoção singular
Banhada em fé a vila vai passar

Senhor abençoe essa fonte
Que deságua dos montes
Em lagos, cachoeiras cristalinas
Buscando vitórias com inspiração
Lavando a alma, salvando vidas
O berço da existência clama por preservação
O rio-mar pede respeito
Lutamos com braço forte em união
Nosso canto ecoa em forma de oração
Reluzindo as cores do meu pavilhão