Teu Olhar

Unidade 2

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
Alguém me disse que existe um lugar
Sem labirintos, sem atalhos pra chegar
E que as palavras não valiam mais
Que o teu olhar, que o teu olhar...

Pra que todo esse medo, de seguir só
E se perder se já não há motivos
Se já não há segredos, se já não há motivos
Se já não há segredos, o que existe é uma dor

Que não sai, há somente a dor
Que não sai, uma dor
Que não sai, há somente a dor
Que não sai...

Eu penso tanto que é difícil demais
Ficar num canto como tanta gente faz
Deixar um sonho e sem nada pra contar
Do teu olhar, do teu olhar...

Pra que todo esse medo, de seguir só
E se perder se já não há motivos
Se já não há segredos, se já não há motivos
Se já não há segredos, o que o que existe é uma dor

Que não sai, há somente a dor
Que não sai, uma dor
Que não sai, há somente a dor
Que não sai...

Pra que todo esse medo, de seguir só
E se perder se já não há motivos
Se já não há segredos, se já não há motivos
Se já não há segredos, o que o que existe é uma dor

Que não sai, há somente a dor
Que não sai, uma dor
Que não sai, há somente a dor
Que não sai...