Primeiro De Maio

Unidade Punho Forte

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
Não importa o que aconteça...siga em frente
e o corpo não amoleça...porque atrás vem gente
levante a sua bandeira...resistência
o povo está durmindo...isso é uma emergência
chegou a hora de virar a mesa
dar um basta na opressão ao trabalhador
pois já faz tempo que não fazem nada
o povo rala, sem merecer o seu valor...

todos nós sabemos que a corrente partiu...mais
esqueceram a coleira
a cada dia ela aperta no pescoço do trabalhador,
que...leva uma vida de horror
mas o homem bom não teme a luta
não se entrega na sua disputa
então levante pelos seus direitos
com Deus a frente sempre há um jeito
assim...

Políticos ditam sua regras, põem rédeas na
população...o tal do apagão
ACM aprontou no painel, saiu do planalto, mais ainda é
o coronel...coisa cruel
construíram um castelo de areia, matam a gente mais
não quis ir pra cadeia não
a CPI aponta um malandro aqui mas o dinheiro está nas
Ilhas Cayman
os corações estão se esfriando
desse jeito não dá pra pensar
até que ponto vamos tolerando
somente o Senhor pode nos salvar
o Jah, Jaaah, Jaaaaaah

Segunda, terça, quarta, quinta...sem descanso
sexta, sábado e domingo...estamos esperando
os dias estão mais curtos...segue a profecia
nos cantando e alertando...em plena harmonia
somos nós o povo da rua
reclamando pelos seus direitos
não basta apenas um simples feriado
primeiro de Maio é todo dia aqui no asfalto

Reflexo da escravidão eu vejo nos dias de hoje na
população que sofre
acorda, arrebenta pro lado mais fraco, esse lado é o
povo pobre
estão nas ruas nos dias de hoje a cada dia tende a
aumentar
tem camelô, tem ambulante...tem até garoto que vende
refrigerante
os menores que circulam pelas ruas, náo podem trocar a
escola, por um vidro de cola...