Samba-Enredo 1989 - Mitologia, Astrologia, Horóscopo, Uma Benção Para o Carnaval Brasileiro

Unidos do Jacarezinho

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
Me fiz de sonhos e vaguei
Pelas estrelas
E ao perto tê-las
Como estrela me senti
Vendo Zeus
E a sua corte vindo ao nosso carnaval

Com bênçãos e presentes (bis)
Através do ciclo zodiacal

Hoje a astrologia é a rainha
Que fascina os nossos corações
A sorte, o amor, quanta magia
Que os astros irradiam em nosso caminhar
Na correlação da mitologia
Em uma viagem pelas civilizações
Na carruagem do delírio
Vi meus sonhos e desejos astrais
Tomados em forças e preceitos
Nesta carta astral

(Oh, Marte)
Marte é a força, é a vitória
Hera une os povos na folia
Mercúrio, a cultura do enredo
Apolo, a inspiração do compositor
Hoje o sol é o nosso astro-rei
A opulência da mais alta majestade

Um cicerone da lua
Guiando os astros (bis)
Para sambar na cidade

Diana, o esplendor da arte
A plenitude pelas mãos do artesão
Vênus, a beleza da mulher
A miscigenação
Dádiva dos deuses
A glória dos destaques
Regendo o sonho
Embalando em poesia
Num mundo de fantasia
Ao calor da emoção, oi

Oi gira roda
138, alô, alô (bis)
Me responda se eu serei
Neste dia o vencedor